Meu próximo destino – Austrália

No post sobre o meu sumiço, falei que em breve poderia explicar a razão de ter dado uma desaparecida daqui, já que normalmente tem texto novo todos os dias. Hoje vim contar tudo sobre essa novidade maravilhosa.

GirlAlguns anos atrás eu comecei a cogitar mudar de país, pelo menos por um tempo. Na época motivada por um turbilhão de emoções, de razões que nem consigo explicar; porém o desejo foi se formando e nunca mais se desfez. Nestes anos os meus objetivos foram muitos e eu nem sabia por onde começar; me recolocar no mercado após ter optado por encerrar as atividades da minha marca de saias e vestidos que lancei há 6 anos atrás (expliquei sobre esse episódio no texto “Trabalhando para ser feliz“), sair da área que eu trabalhava e me inserir numa nova, transformar minha vida financeira caótica numa mais saudável, sair de um emprego que eu odiava e encontrar um que me trouxesse paz de espírito, descobrir uma maneira de trabalhar com algo que fosse minha paixão, enfim, muitas coisas.

Depois desses anos se passarem, me dei conta que realizei tudo, tudo mesmo. Consegui sair da estressante (na minha opinião, para o meu perfil) área comercial, comecei a trabalhar num ambiente em que as pessoas são movidas por inspirações e exemplos, com um dos chefes que mais gostei de ter (até setembro continuo na editora das revistas Forbes e Billboard), mudei de área, criei o site e posso afirmar que hoje tenho muita tranquilidade e qualidade de vida. A única coisa que mudou e ainda não está ideal é minha vida financeira, mas veja bem né, estamos num Brasil em crise, onde estar trabalhando já é considerado uma benção. Mais consciente, minhas metas fundamentais para o ano eram bem estar e bastante trabalho; afinal, sou uma pessoa que muda muito o tempo todo e meu medo era deixar estas metas de lado para realizar coisas que aparecessem no caminho. Não deixei e ainda agradeço por estar colhendo melhores resultados do que eu poderia imaginar.

Girl No meio do processo rolou tudo, autodescoberta, desapego, coragem e muita vontade de conhecer pessoas, países, estilos de vida diferentes. Não somos árvores pra ficar plantados num único lugar, deveríamos ser mais parecidos com os pássaros, para voar por ai, de acordo com a estação, com os desejos; juntos, separados, mas sempre em movimento. Olha o tamanho desse mundo, você não tem vontade de olhar o amanhecer por outra janela, aproveitar o pôr do sol em outra praia, dormir em outra cama?

MapsBom, juntei tudo isso e quando tive a certeza de algo tão comum, como a vida mudar o tempo todo, aproveitei uma dessas ondas e comecei a pesquisar. Olhei de tudo, diversos lugares, culturas e percebi que meu momento buscava o que a Austrália costuma oferecer. Mais do que na hora, entendi que quero qualidade de vida, um trabalho honesto, um curso sobre algo que eu verdadeiramente me encante e decidi o meu destino: em outubro mudo meu endereço para Gold Coast.

Não sei direito como está a minha animação de ir, misturada a primeira vez que sairei por um bom tempo da minha amada São Paulo; mas digo pra vocês que cada dia que passa, percebo que procuro muito mais o que está lá, do que achamos que está aqui. Viver no Brasil hoje é para os fortes; encarar crise, desemprego, explosão de corrupção, falta de grana, de esperança, excesso de violência, abandono dos governantes, dentre outras coisas, não é um cenário bom para considerar o lugar onde você mora. Muito menos para pensar em colocar filhos no mundo (não é o meu momento, mas a gente já começa a considerar né?!). Esse é o ponto mais triste, não encontrar no meu próprio país uma perspectiva positiva para mim, isso pesa muito também.

PlaneVejo meus amigos descontentes aqui e sei que muitos encontrarão nessa hora, o momento certo para se jogar pelo mundo a fora. Isso me agrada, sei que vou rodar muito por ai e encontrar muitos de vocês; num bar, num aeroporto, numa praia, numa festa…

Pra nós aqui no site, acho que a mudança trará novos ares, experiências e inspirações. Quem sabe rende uma série, quem sabe rende uma nova vida, certo?! O texto é grande, mas não cabe nem 1/10 do que estou sentindo e gostaria de explicar pra todos vocês. Em breve trago mais um pouco desse grande passo.

Que comecem as despedidas! =)

  1 comment for “Meu próximo destino – Austrália

  1. 7 de setembro de 2015 at 13:19

    Boa viagem, sorte e etc., mas nos deixe informados das novas experiencias.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: