Lana style

Lana del Rey 3Elizabeth Woolridge Grant, mais conhecida como Lana Del Rey, tem muitos predicados, incluindo ícone fashion, e nada mais justo do que ganhar um perfil e análise do seu estilo único.

Uma das mais famosas cantoras atuais; já bateu diversos recordes de vendas, popularidade e alcance de imagem. Indicada e vencedora de diferentes prêmios; o último que ganhou foi em 2014, Grammy de “Melhor gravação remixada, não clássica” de Summertime Sadness. Por sua imagem extremamente singular já foi solicitada para representar marcas como H&M e Jaguar. Além de ter fotografado vários ensaios e capas para revistas de moda, como a Vogue italiana.

Lana del ReyMinha cantora preferida! O estilo de suas canções é considerado nostálgico e sombrio. De fato é, mas a atmosfera melancólica que ela cria, envolve qualquer um. O que fica claro com suas maiores inspirações; o poeta Walt Whitman e o escritor Vladimir Nabokov, criador de “Lollita”; marcados em uma de suas tatuagens “Withman Nabokov” e parte das obras em suas canções, incluindo a primeira frase de “Off to the Races”. Rebelde e contestadora, ela surpreende em todos os seus clipes, trazendo temas polêmicos misturados à lembranças de uma adolescência conturbada.

Vamos falar da parte visual agora. Amo. O seu estilo é baseado nos anos 50 e 60, e nas clássicas pin-ups. Retratando uma Hollywood decadente ou encarando uma Rock Star; ela caminha entre peles, unhas postiças, all-star, croppeds,  batons vermelhos, vestidos acinturados, tatuagens, make e cabelos impecáveis. Garota problemática ou diva, ela exala elegância. O que mais me fascina é o fato de que ela possui todos os elementos para encantar o público masculino, se destacando como um belo exemplar feminino, porém, sua atitude a transforma em uma mulher única, nada óbvia, quebrando padrões de comportamento para uma garota delicada, como sua figura sugere. Com uma voz suave, te lembrará de Marilyn Monroe de cara.

Já foi loira, ruiva e atualmente com cabelos castanhos; os mantém sempre longos e ondulados. Normalmente penteados de lado, ou com volume na parte superior. As características do make se mantém desde sua aparição em 2012 para o mundo; pele perfeita com pouca cor, boca marcada e destaque nos olhos marcados com cílios postiços e bastante delineador.

Lana vale a beleza, a música, os vídeos, e sem a menor dúvida, o charme. Incluí a que eu mais gosto, por milhões de motivos. Reparem no monólogo da parte final:

“We had nothing to lose, nothing to gain
Nothing we desired anymore –
Except to make our lives into a work of art.

Live fast. Die young.
Be wild, and have fun

Who are you?
Are you in touch with all your darkest fantasies?
Have you created a life for yourself where you can experience them?
I have! I am fucking crazy, but I am free!”

Ride

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: